terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Da Abstinência

"Vai chegar um tempo no qual sentirá minha falta. Uma saudade imensa que o fará me procurar novamente. Passará noites em claro pensando em mim. Desesperado, vai chorar. Daí em diante perderá a saúde e a cabeça. E, quando perceber, já estará novamente nos meus braços, me pedindo pra voltar."

É, também, o que diz a Morte ao entregar um ser à Vida.

Nenhum comentário: